Cultura em Moema: OCA expõe acervo municipal de Flavio de Carvalho

Cultura em Moema: OCA expõe acervo municipal de Flavio de Carvalho
Avalie essa página
Neste ano, a cidade de São Paulo celebrou 460 anos de fundação. E a Oca, edifício projetado por Oscar Niemeyer, que assina também a criação de todo o Parque Ibirapuera ao entorno, completará 60 anos em agosto. Para marcar a importância dessas datas a exposição “Flavio de Carvalho – a experiência como obra”, que reúne itens criados pelo artista e que integram as coleções municipais pertencentes a instituições, como o Museu da Cidade de São Paulo, o Arquivo Histórico de São Paulo e a coleção de figurinos do Theatro Municipal de São Paulo. 
 
Ao todo, cerca de 190 itens estarão em exibição, representando as diversas fases artísticas do carioca que sacudiu por diversas vezes a cena cultural. Além das obras convencionais –se é que podemos usar tal termo para definir Flavio de Carvalho– haverá um ambiente em formato de arena, que contará com projeções e trilha sonora especialmente criadas para a exposição, convidando o público a vivenciar a “Experiência nº 2”, performance icônica realizada em 1931.Naquela ocasião, o artista escolheu uma procissão de Corpus Christi para testar os limites da tolerância. Ao transitar no sentido oposto ao fluxo dos transeuntes, usando, irreverentemente, um chapéu verde na cabeça, ele quase foi linchado, refugiando-se em um comércio, onde foi protegido por policiais. A experiência deu origem a um livro, no qual o autor analisa o comportamento das massas, à luz de conceitos da psicanálise.

 
No campo das artes plásticas, a obra de Carvalho é definida ora como expressionista, ora como surrealista. Talvez tamanha diversidade tenha sido uma tentativa do próprio artista de fugir de rótulos para definir sua obra. Como retratista, deu contornos únicos a Mário de Andrade e Oswald de Andrade. Com pinceladas bem marcadas, evidenciava o rosto como forma de valorizar a expressividade e personalidade de cada modelo. 
A exposição traz quatro grandes blocos de trabalhos do artista que não estão organizados cronologicamente, mas têm a função didática de apresentar o universo amplo e irrestrito de sua criatividade. 
 
Serviço: | Oca. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº. Dentro do Parque Ibirapuera. Acesso pelo portão 3 (entrada de carro) ou portão 1 (entrada de pedestres). Zona Sul. Até dia 18/5. 3ª a dom., das 9h às 17h. Grátis



Deixe seu comentário