No coração do parque Ibirapuera, o público paulistano tem acesso a um lindo museu da cidade.

O Pavilhão das Culturas Brasileiras, aposta na mescla de peças de arte popular, arte indígena e trabalhos contemporâneos para atrair o grande público que passa em especial nos finais de semana pelo espaço verde e de lazer da cidade.

Pavilhão das Culturas Brasileiras em Moema

Assim, o parque passa a ser um dos principais polos de cultura da cidade, já que o MAM-SP, o Pavilhão da Bienal, a Oca e o MAC-USP, dividem o tradicional parque.

O prédio, projetado por Oscar Niemeyer dentro do conjunto do Ibirapuera, teve em seu início apenas o térreo e o subsolo utilizados. O prédio fica bem próximo ao Museu Afro, outra instituição que tem destacado foco na arte popular.

De acordo com o arquiteto Pedro Mendes o projeto inclui auditório, elevadores, biblioteca e reserva técnica.

Em síntese, o projeto propõe criar um espaço de exposição e um centro de referência e pesquisa voltado para a salvaguarda e divulgação da diversidade cultural brasileira e, em especial, do patrimônio material e imaterial das culturas menos favorecidas da população, que têm até hoje menor visibilidade institucional.

O objetivo é legitimar, fortalecer e dar a conhecer as práticas culturais tradicionais e contemporâneas do povo brasileiro, em todo o seu vigor e pluralidade.

O edifício de 11 mil metros quadrados que abriga o Pavilhão das Culturas Brasileiras foi projetado por Oscar Niemeyer nos anos 1950 e tombado pelos órgãos de patrimônio histórico municipal, estadual e federal.

Depois de sediar eventos como a Bienal de Artes de São Paulo (1953) e o Pavilhão dos Estados durante o IV Centenário de São Paulo (1954), o prédio foi cedido esporadicamente para exposições. No início da década de 1970, já então batizado de Engenheiro Armando de Arruda Pereira, torna-se sede da Prodam, a Companhia de Processamento de Dados do Município.

No fim de 2006, a Prodam muda-se, abrindo caminho para que o Pavilhão retome sua vocação. A Secretaria Municipal de Cultura passa então a planejar o uso cultural deste espaço.

Desde 2007, o Pavilhão vem passando por intervenções arquitetônicas determinadas pela Secretaria Municipal de Cultura e destinadas a livrá-lo das descaracterizações que sofreu no período em que abrigou repartições públicas.

Em 2008, a Secretaria Municipal de Cultura contratou o escritório de Pedro Mendes da Rocha para fazer a adaptação do prédio ao uso museológico.

Seu projeto busca respeitar as virtudes da arquitetura original, preservando as qualidades do projeto de Niemeyer, sobretudo a amplitude de espaço e a leveza do edifício.

Horário de Funcionamento Pavilhão das Culturas Brasileiras Parque Ibirapuera

  • Todos os dias das 9h às 20h
  • Os horários podem ser alterados sem aviso. Consulte o local para confirmar.

Endereço e Telefone Pavilhão das Culturas Brasileiras em Moema

  • Av. Pedro Álvares Cabral, s/n, Moema – São Paulo – SP
  • Telefone: (11) 5083-0199 / 3105 6118 – Ramal 151

Outras Informações e Site

Mapa de localização