Grávida e marido são vítimas de sequestro relâmpago em Moema

Uma mulher grávida e o marido dela foram libertados pela Polícia Militar de São Paulo depois de serem vítimas de um sequestro relâmpago na manhã desta terça-feira. Segundo a PM, a mulher, com gravidez visível de 3 meses, estava chegando no trabalho em um Fiat Palio por volta das 4h30m quando foi abordado por dois assaltantes num semáforo na esquina da Avenida Indianópolis com a Avenida Ibirapuera, em Moema, na Zona Sul da capital paulista. Rendida, a mulher foi obrigada pelos bandidos a telefonar para o marido, que estava em casa, na Zona Leste de São Paulo, para que ele trouxesse dinheiro e cartões de débito e crédito. Segundo a PM, os bandidos combinaram com o homem que ele deveria encontrar o grupo perto do Metrô São Judas.





Achando que entregando os cartões e o dinheiro aos ladrões sua mulher seria libertada, o homem foi até o ponto de encontro, mas os ladrões não apenas não libertaram a mulher, como o tomaram como refém. Uma pessoa que estava perto do local avisou a polícia. Na Avenida Indianópolis, os criminosos perceberam a aproximação da polícia e tentaram fugir. Após cerco policial, eles foram presos na Avenida Bandeirantes. Segundo a PM, não houve troca de tiros.

As vítimas foram libertadas sem ferimentos. A mulher, nervosa, foi medicada em um hospital da região. Com os assaltantes, identificados apenas como Klaiton e Leandro, foi apreendido um revólver calibre 32, três celulares roubados, além de R$ 197,50 e o carro do casal. Um dos bandidos tem passagem na polícia por roubo. A ocorrência foi encaminhada ao 27º Distrito Policial.

Fonte: O Globo





Deixe seu comentário