Presa dupla responsável por ataques a papelaria em Moema

A Polícia Civil prendeu dois homens apontados como autores de 31 roubos contra uma mesma rede de papelarias em São Paulo e em Santos, no litoral sul do Estado. A dupla, em boa parte dos ataques, utilizou uma pistola de brinquedo para ameaçar os funcionários.

As detenções aconteceram na sexta-feira, quando os acusados realizavam levantamentos para nova ação. Integrantes do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) apuravam essas ações havia 60 dias.

Segundo o delegado Fábio Dal Mas, a dupla realizava um levantamento preliminar antes dos ataques, avaliando as condições de segurança nas papelarias. Por isso, chegavam até a utilizar uma pistola de brinquedo durante as ações. Os policiais detiveram Cícero Feitosa da Silva, o Madruga, e Diego Caslech Dantas Gonçalves. Eles foram reconhecidos em 16 assaltos. As vítimas de outros 15 casos estão sendo chamadas para realizar o reconhecimento.

Silva chegou a brincar com a constância dos ataques em uma tatuagem de código de barras no braço esquerdo. O criminoso comentava que era propriedade da papelaria e por esse motivo passava quinzenalmente para pegar dinheiro.





As informações da investigação apontaram para dois homens que comercializavam notebooks e outros aparelhos eletroeletrônicos roubados, que revelaram a procedência do material: uma rede de papelarias.

Os policiais conseguiram identificar o veículo utilizado nos ataques. O cruzamento das informações apontou algumas rotas de fuga da dupla, e os dois acusados acabaram interceptados na avenida Cupecê. A equipe deteve Silva e Gonçalves e apreendeu a pistola de brinquedo utilizada nos ataques.

Os roubos aconteceram em um período de 18 meses. Os bandidos foram reconhecidos nos ataques contra as lojas do Ipiranga (quatro vezes), da rua Vergueiro (duas vezes), de Moema, da Vila Mariana, na zona sul da capital, da Cantareira (duas vezes), na zona norte, da avenida Rebouças (duas vezes), da Vila Leopoldina, na zona oeste, da Radial Leste (duas vezes), na zona leste de SP, e finalmente de Santos, no litoral.

Fonte: Portal Terra





Deixe seu comentário